Preparação e revisão

Feliz 2015

Da série Resoluções de Ano-Novo: atualizar mais esta página que me é muito querida. Não vale usar a correria da vida como desculpa, certo? Então tá. Desejo um feliz 2015 a todos vocês que ficaram por aqui! Fico tão feliz

Feliz 2015

Da série Resoluções de Ano-Novo: atualizar mais esta página que me é muito querida. Não vale usar a correria da vida como desculpa, certo? Então tá. Desejo um feliz 2015 a todos vocês que ficaram por aqui! Fico tão feliz

Num Tronco de Iroko vi a Iúna cantar

Projeto gráfico, diagramação e revisão de texto Formato: 19x24cm fechado · 38×24 aberto · lombada quadrada Capa: 4×1 cores · papel cartão duplex 250g · laminação fosca Miolo: 4×4 cores · papel couché fosco 90g Livro infantojuvenil com temática afro-brasileira.

Num Tronco de Iroko vi a Iúna cantar

Projeto gráfico, diagramação e revisão de texto Formato: 19x24cm fechado · 38×24 aberto · lombada quadrada Capa: 4×1 cores · papel cartão duplex 250g · laminação fosca Miolo: 4×4 cores · papel couché fosco 90g Livro infantojuvenil com temática afro-brasileira.

AjudaLuciano

Só rolou um excesso de emoção ali que fez sobrar uma vírgula depois do “mas”. De resto, é isso! Teve gente que tentou desqualificar a correção da moça, dizendo que em vez de “desculpa” deveria ser “desculpe-me”, mas quem fala

AjudaLuciano

Só rolou um excesso de emoção ali que fez sobrar uma vírgula depois do “mas”. De resto, é isso! Teve gente que tentou desqualificar a correção da moça, dizendo que em vez de “desculpa” deveria ser “desculpe-me”, mas quem fala

As Minas

Estava eu aqui, procurando matérias sobre o famoso trânsito carnavalesco na Rodovia dos Imigrantes, na tentativa de convencer uma amiga a adiar por uns dias sua ida ao litoral, e eis que me deparo com o texto da imagem acima.

As Minas

Estava eu aqui, procurando matérias sobre o famoso trânsito carnavalesco na Rodovia dos Imigrantes, na tentativa de convencer uma amiga a adiar por uns dias sua ida ao litoral, e eis que me deparo com o texto da imagem acima.

Guimarães Rosa

Só pra ir tirando a poeira deste espacinho querido, uma foto diretamente do Museu Casa Guimarães Rosa, em Cordisburgo (MG), onde estive em janeiro. Trechinho de um conto de Sagarana. É muito amor, gente!  

Guimarães Rosa

Só pra ir tirando a poeira deste espacinho querido, uma foto diretamente do Museu Casa Guimarães Rosa, em Cordisburgo (MG), onde estive em janeiro. Trechinho de um conto de Sagarana. É muito amor, gente!  

Geladíssima, porém geladaça

Quando viajo, adoro prestar atenção no jeito local de falar. Voltei de uma pequena temporada em Minas Gerais há alguns dias e até hoje estou falando “NÓ!” (em vez de “NOSSA!”). Não é muito mais legal e enfático? Nó! Também

Geladíssima, porém geladaça

Quando viajo, adoro prestar atenção no jeito local de falar. Voltei de uma pequena temporada em Minas Gerais há alguns dias e até hoje estou falando “NÓ!” (em vez de “NOSSA!”). Não é muito mais legal e enfático? Nó! Também

Cacimba de Aruanda

Projeto gráfico · diagramação · preparação de texto · revisão de prova Cartaz: A3 · 4×0 cores · couché 150g Folder: A4 aberto · A5 fechado · 4×4 cores · couché 150g · 1 dobra Cartaz e folder para o

Cacimba de Aruanda

Projeto gráfico · diagramação · preparação de texto · revisão de prova Cartaz: A3 · 4×0 cores · couché 150g Folder: A4 aberto · A5 fechado · 4×4 cores · couché 150g · 1 dobra Cartaz e folder para o

Sheila e o “para mim fazer”

Viram a polêmica sobre a Sheila, uma médica que disse que “no Brasil, com certeza, seria muito difícil para mim fazer um curso de medicina”? O Professor Pasquale, figurinha carimbada do mundo das letras, escreveu um comentário interessante sobre esse

Sheila e o “para mim fazer”

Viram a polêmica sobre a Sheila, uma médica que disse que “no Brasil, com certeza, seria muito difícil para mim fazer um curso de medicina”? O Professor Pasquale, figurinha carimbada do mundo das letras, escreveu um comentário interessante sobre esse

Que utênsilios usar pra comer melância?

Esse tipo de confusão é supercomum. Quem nunca viu um caminhão de “melância” por aí? Ela já foi até alternativa de questão da Fuvest, veja você. O que acontece com as palavras mais longas é que, além de haver a

Que utênsilios usar pra comer melância?

Esse tipo de confusão é supercomum. Quem nunca viu um caminhão de “melância” por aí? Ela já foi até alternativa de questão da Fuvest, veja você. O que acontece com as palavras mais longas é que, além de haver a