De alagoano a muçulmano

Mereceria o ex-presidente Albuquerque Lins (1852–1926) essa gafe no mapa do Metrô de São Paulo?

De alagoano a muçulmano

Mereceria o ex-presidente Albuquerque Lins (1852–1926) essa gafe no mapa do Metrô de São Paulo?

Me polpe

Poxa, Plasútil, que falta faz um revisor! Poupa = economiza Polpa = tecido carnoso e comestível dos vegetais Isso me lembrou de um dos primeiros erros de português que encontrei em embalagens, muito antes de eu me tornar revisora oficial…

Me polpe

Poxa, Plasútil, que falta faz um revisor! Poupa = economiza Polpa = tecido carnoso e comestível dos vegetais Isso me lembrou de um dos primeiros erros de português que encontrei em embalagens, muito antes de eu me tornar revisora oficial…

Tracinhos tão pequenos de nós dois

Ou esse eletrodoméstico foi fabricado pra lá da década passada ou ignoraram o fato de que, segundo o Novo Acordo Ortográfico, a palavra “polo” não se grafa mais com o acento diferencial. No Brasil, até 2008, a palavra “pólo” (substantivo

Tracinhos tão pequenos de nós dois

Ou esse eletrodoméstico foi fabricado pra lá da década passada ou ignoraram o fato de que, segundo o Novo Acordo Ortográfico, a palavra “polo” não se grafa mais com o acento diferencial. No Brasil, até 2008, a palavra “pólo” (substantivo

É proibido ou é proibida?

1. (É) proibido passagem 2. (É) proibida a passagem 3. (É) proibido a passagem Pense nas mesmas frases, porém ordenadas de outra forma, com o sujeito antes do predicado: 1. Passagem é proibido = ok 2. A passagem é proibida

É proibido ou é proibida?

1. (É) proibido passagem 2. (É) proibida a passagem 3. (É) proibido a passagem Pense nas mesmas frases, porém ordenadas de outra forma, com o sujeito antes do predicado: 1. Passagem é proibido = ok 2. A passagem é proibida

DODE – Guia do Design de São Paulo

Mais um projeto do qual participei saiu do forno. O Guia do Design de São Paulo, inspirado no London Design Guide, foi lançado anteontem (07/07) na Casa Eletrolux, aqui em São Paulo. Idealizado pelo editor Mauricio Pinto e Silva, conta

DODE – Guia do Design de São Paulo

Mais um projeto do qual participei saiu do forno. O Guia do Design de São Paulo, inspirado no London Design Guide, foi lançado anteontem (07/07) na Casa Eletrolux, aqui em São Paulo. Idealizado pelo editor Mauricio Pinto e Silva, conta

Mc Dia Feliz, a vírgula e o ponto final

Eis um pedacinho daqueles papéis que forram as bandejas do McDonald’s. As informações poderiam ter sido mais bem encadeadas na frase. Quantas vírgulas e períodos um atrás do outro, não? Às vezes nos esquecemos de usar o ponto final, temendo

Mc Dia Feliz, a vírgula e o ponto final

Eis um pedacinho daqueles papéis que forram as bandejas do McDonald’s. As informações poderiam ter sido mais bem encadeadas na frase. Quantas vírgulas e períodos um atrás do outro, não? Às vezes nos esquecemos de usar o ponto final, temendo

Um pouquinho de mim na Feira de Bolonha

“Todo ano a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil escolhe o melhor da produção brasileira para apresentar na maior feira de livros infantis do mundo, a Feira de Bolonha. Acaba de sair o catálogo deste ano, em que a

Um pouquinho de mim na Feira de Bolonha

“Todo ano a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil escolhe o melhor da produção brasileira para apresentar na maior feira de livros infantis do mundo, a Feira de Bolonha. Acaba de sair o catálogo deste ano, em que a

“Eles não leem gramáticas”

Adorei este texto do Sírio Possenti. Quando estou revisando e me deparo com esses casos de índice de indeterminação de sujeito, como na frase “vende-se casas”, sempre tenho que parar e raciocinar com muita calma. Bom, se até o Luis

“Eles não leem gramáticas”

Adorei este texto do Sírio Possenti. Quando estou revisando e me deparo com esses casos de índice de indeterminação de sujeito, como na frase “vende-se casas”, sempre tenho que parar e raciocinar com muita calma. Bom, se até o Luis

Causos por aí: “Saiba como um erro de português virou caso de polícia na Paraíba”

“No cartaz estava escrito “Oferta imperdível. Chip Vivo. R$ 1 com aparelho”. Ao ler, o professor Aurélio Damião, 38, considerou a proposta irrecusável. Com R$ 4 no bolso, ele entrou na loja localizada no centro de Guarabira, agreste da Paraíba,

Causos por aí: “Saiba como um erro de português virou caso de polícia na Paraíba”

“No cartaz estava escrito “Oferta imperdível. Chip Vivo. R$ 1 com aparelho”. Ao ler, o professor Aurélio Damião, 38, considerou a proposta irrecusável. Com R$ 4 no bolso, ele entrou na loja localizada no centro de Guarabira, agreste da Paraíba,